quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Você sabe diferenciar o Terrorista do Revolucionário??? Saiba em uma aula básica

Será que os jornalistas do PIG (Globo, Estadão, Veja, Folha) e as pessoas que divulgam vídeos "chinfrins" ou fazem reportagens chulas e caluniosas sabem fazer essa diferenciação???

Gente não é dificil, é so prestar atenção! Vocês vão ver como é fácil!

REVOLUÇÃO -  é o movimento de revolta contra um poder estabelecido, e que visa promover mudanças profundas nas instituições políticas, econômicas, culturais e morais.

Exemplos de grandes revolucionários:
Jesus Cristo, Nelson Mandela, Chê Guevara. Pancho Villa, Zumbi dos Palmares, Martin Luther King, Simon Bolivar, José Martí, Fidel Castro, Mao Tsé Tung, Karl Marx, Giuseppe Garibaldi, Rosa de LuxemburgoCarlos Marighella, e tantos outros, que lutaram por um ideal (armados ou não), que lutaram contra a opressão ou a injustiça, que lutaram por uma mudança estrutural em uma sociedade que clamava por mudanças.

Você deve ter lembrados de muitos outros nomes, acertei? Pode dizer.

TERRORISMO =  atos violentos (armados ou não) praticados sob diversas formas:

1) Terrorismo Fisico = Uso de violência, assassinato e tortura para impor seus interesses.

Ex: Fora Osama Bin Laden, voces podem dar outros exemplos?

2) Terrorismo Psicologico =  Indução do medo por meio da divulgação de noticias em benefício próprio. Temos presenciado isso diariamente nesta campanha eleitoral.

Ex: Fora a Revista Veja, quero que me dêem mais 03 exemplos

3) Terrorismo Psicologico = Recurso usado por governos ou grupos para manipular uma população conforme seus interesses.

EX: Fora a  Mafia Siciliana, cite mais dois exemplos. (Pode ser partido politico, grupo editorial, redes de TV)

4) Terrorismo Economico = Subjugar economicamente uma população por conveniência própria

Ex: Fora o ex-presidente George Bush, alguem pode dar outros exemplos?

Procurei ser bem didática, mostrando de forma mais simples possivel, para que todos possam entender, a diferença entre revolução e terrorismo, entre ser revolucionário ou terrosrista.

Espero que de uma vez por todas, sabendo diferenciar uma coisa da outra, as pessoas entendam que Dilma Rousseff, há 40 anos atrás, quando lutava por um Brasil livre do jugo militar, nunca foi terrorista e sim revolucionária.

Documentos que possam existir sobre os anos de chumbo da realidade brasileira, podem até ter sua veracidade – muitos foram forjados para justificar a violencia e as torturas praticadas pelos militares – mas hoje servem apenas como documentos (arquivo morto) de uma época que felizmente, graças a tantos brasileiros que não fugiram e enfrentaram os porões da ditadura, acabou.

Trazer uma realidade vivenciada há tanto tempo e querer traçar um paralelo com os dias de hoje, é no minimo uma estupidez que não tem tamanho. Esses documentos tem valor historico e servem para resgatar a cidadania ou reparar as injustiças cometidas, nunca provar que a experiência e o tempo não mudam o comportamento das pessoas. É só ver Gabeira, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque e tantos outros que viveram esse periodo negro, tiveram que sair do pais e ficar longe da arbitrariedade e truculencia dos militares.

Pessoas de bem, que se colocavam contra o regime militar, eram perseguidas, tinham seus direitos civis e politicos cassados, eram presas, torturadas, mortas ou mandadas embora do país.

Pessoas de bem que lutavam pela liberdade do país, pessoas de bem que sonhavam ver o Brasil livre do jugo militar e com a democracia, foram tachados de terroristas, de subversivos e fichados como tais pela forças armadas  e pelas instituições governamentais.

Entre essas pessoas de bem estava a jovem Dilma Vana Rousseff, que sempre defendeu seus ideais e sempre desejou  viver num pais livre e soberano. Foi revolucionaria sim, foi guerrilheira sim, viveu na clandestinidade sim e por isso foi presa, torturada e aviltada nos seus direitos de ir e vir.

Hoje, passados mais de 40 anos, ela com 62, conseguiu realizar o seu sonho de ver um Brasil livre, soberano, em franco desenvolvimento, sem que para isso tivesse  pego em armas ou feito o jogo sujo dessa  raça podre que existe no país que calunia, difama, engana, planeja contra o povo e contra o pais.

Terrorista prá mim é a midia que diivulga inverdades e fica a cata de escândalos ou noticias mentirosas.

Terrorista prá mim é quem transforma um eleição democrática numa avalanche de armações contra a honra e a dignidade de uma mulher corajosa, competente e guerreira, com o intuito de alijá-la de forma vil e abjeta dessa eleição.

Terrorista prá mim são as pessoas que por interesses individuais mesquinhos são capazes de tudo, inclusive “pisar na cabeça da propria mãe”, para poder ter poder, dinheiro, status e permissão para tirar o seu quinhão dos cofres públicos.

Divulgar dados obsoletos, demonstra a quantas anda a midia brasileira. Acreditar nisso demonstra a quantas anda a inteligencia e a compreensao do povo brasileiro.

Se tudo isso não estivesse inserido dentro de uma campanha politica onde está em jogo o futuro do nosso país, eu poderia até achar engraçado essa palhaçada.